Roteiro: conhecendo Veneza em 3 dias


Não há nenhum lugar no mundo como Veneza. Os charmosos canais, com suas lanchas e gôndolas, e as ruas que parecem um labirinto dão à cidade uma atmosfera única. Como a cidade é pequena e a hospedagem costuma ser mais cara do que em outros lugares turísticos da Itália, boa parte dos viajantes costuma reservar poucos dias para ficar em Veneza. Dá para ver todos os principais pontos turísticos? Ficamos três dias por lá e descobrimos que é possível conhecer tranquilamente as atrações mais famosas e ainda emendar um passeio para as charmosas ilhotas vizinhas de Veneza. Dia 1 – Ponte Rialto, Grande Canal e piazza San Marco Chegamos em Veneza pelo aeroporto Marco Polo, que fica no continente. Para chegar à cidade propriamente dita, é necessário pegar um ônibus (6 euros até o terminal na Piazzale Roma, que fica perto da estação Santa Lucia de trem) ou de barco. Como parte da experiência em Veneza é trafegar por seus incríveis canais, optamos por ir de barco. A empresa Alilaguna cobra 15 euros a passagem e conta com diversas linhas/pontos de parada ao redor da cidade. Como estávamos hospedados em Rialto, pegamos a linha Arancio e descemos bem próximos da ponte. Após rápido check in no hotel, partimos para explorar a cidade. E logo de cara percebemos que o grande barato de Veneza é se perder por suas ruas estreitas e vielas entrecortadas pelos canais, com seus restaurantes e lojas. Uma experiência única!

Já que estávamos hospedados por perto, aproveitamos o início de tarde para conhecermos a ponte de Rialto. É a mais antiga e famosa ponte que cruza o Grande Canal, abrigando lojas e uma infinidade de turistas. Um marco da arquitetura de Veneza. Após rápido almoço em um restaurante em Rialto e uma passada pelo hotel, partimos para conhecer outro símbolo de Veneza: Piazza San Marco. Em formato de L, o local já foi chamado por Napoleão de “o salão de festas da Europa”. E é realmente encantador.

Palco do tradicional Carnaval veneziano, a Piazza San Marco concentra algumas das principais atrações de Veneza: a Basílica de San Marco, o campanário e o Palácio dos Doges. Ainda conta com o Museu Correr e charmosos cafés inaugurados no século XVIII. Vale a pena separar alguns minutos (ou horas) para acompanhar as três orquestras que tocam ao mesmo tempo nos cafés, principalmente ao anoitecer. Os cafés, porém, cobram preços exorbitantes por seus produtos.

Dia 2 – Basílica de San Marco, palácio dos Doges e passeio de gôndola Começamos o dia com uma visita à basílica de San Marco. Não é permitida a entrada com mochilas, saias curtas, shorts ou blusas com os ombros descobertos. A própria igreja, porém, fornece gratuitamente um guarda-volumes e aluga uma espécie de lenço para servir como saiote ou manta.

Conhecida como a “Igreja de Ouro”, tem seu teto completamente forrado de mosaicos folhados. Ainda conta com a pala d’Ouro, (peça de metais preciosos que reúne 1927 gemas), tesouros oriundos das Cruzadas e os famosos Cavalos de São Marcos (estátuas roubadas de Constantinopla e que já estiveram no Arco do Triunfo, em Paris, a mando de Napoleão).

Após visitarmos a igreja, pegamos a fila para subir no Campanário. O ingresso custa 8 euros e o acesso ao topo é feito de elevador. Edifício mais alto de Veneza com 98,6 m, foi reconstruído após desabar em 1902. Foi lá que Galileu Galilei fez a primeira demonstração pública da luneta.

Após almoço, a parada seguinte foi o Palácio Ducal, ou Palácio dos Doges, a antiga sede do governo veneziano e residência dos doges, que comandavam a cidade. Abriga um museu e diversas obras de arte de mestres como Tintoretto e Veronese. Destaque para Sala del Maggior Consiglio, uma das maiores salas da Europa e que abrigava o conselho da cidade. Para encerrar a tarde, nada como um romântico passeio de gôndola – talvez o maior símbolo de Veneza. Pegamos o barco em frente ao palácio dos Doges e partimos para explorar os canais mais próximos, com direito a passagem por baixo da famosa Ponte dos Suspiros. O valor do passeio é bem salgado (80 euros por 40 minutos), mas vale muito a pena. Também é possível dividir o valor em quatro pessoas, capacidade da gôndola.

Dia 3 – Passeio a Murano, Burano e Torcello Fechamos ainda no hotel um passeio para conhecermos as ilhas vizinhas de Veneza. Como o tour só começava no início da tarde, aproveitamos para visitar a basílica de Santa Maria della Salute – construída para celebrar o fim da Peste Negra em 1630.

Para chegar até lá, passamos pela Academia de Belas Artes e pela Coleção Peggy Guggenheim, além de cruzarmos por alguns dos mais belos canais de Veneza em uma caminhada de 20 minutos.

A igreja foi construída sobre mais de 1 milhão de estacas cravadas na água, mas tudo fica submerso e não é possível de ser observado. O interior da igreja é bem mais simples que San Marco, mas a bela fachada vale o passeio – assim como a vista privilegiada da Punta della Dogana (Ponta da Alfândega). Retornamos para a piazza San Marco e encontramos nossa excursão em frente ao Palácio dos Doges. O passeio dura a tarde toda e passa pelas três principais ilhas vizinhas de Veneza: Murano, Burano e Torcello, com rápidas paradas em cada uma. Murano é o vilarejo que possui famosa produção de peças de vidro. Por lá, visitamos uma fábrica e observamos ao vivo uma das obras ser feita. Burano é famosa pelas casinhas coloridas dos moradores e pelos trabalhos em renda, com diversas lojas e artigos deste tipo.

Já Torcello foi a primeira ilha da região a ser habitada e tem como principal atrativo a Catedral de Santa Maria Assunta, que abriga belos mosaicos e as relíquias de São Heliodoro. Retornamos a Veneza por volta das 18h30, com tempo suficiente para curtirmos o pôr-do-sol, passearmos pela Riva degli Schiavoni (via que margeia o Grande Canal perto da piazza San Marco) e curtirmos a noite ouvindo a música clássica dos cafés. E você, já foi a Veneza? Comente abaixo e conte sua experiência para nós!

Siga o Viajei e Gostei: Facebook: fb.com/blog​viajeiegostei Instagram: @blogviajeiegostei Twitter: @viajeiegostei

POSTS RECENTES:
PROCURE POR TAGS:

© Copyright 2014 VIAJEI E GOSTEI - Todos os direitos reservados

  • Facebook Limpa
  • Twitter limpa
  • Instagram Limpa
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now