Cidade do Cabo e as maravilhas do extremo sul da África

A colaboradora Fabyana Francisco traz mais um relato sobre sua viagem pela África do Sul. Desta vez, ela conta ao Viajei e Gostei sobre a passagem pela Cidade do Cabo, com direito a visita ao Cabo da Boa Esperança e à prisão onde Nelson Mandela ficou preso por 18 anos no período do apartheid. Confira!

A Cidade do Cabo é muito linda e o que não falta são lugares interessantes para se visitar por lá. Passamos uma semana por lá e conhecemos as principais atrações, mas é o tipo de lugar que daria para ficar ainda mais tempo. Partimos para a Cidade do Cabo saindo de Johanesburgo. Para quem quer economizar no avião, são 19h de ônibus entre as duas cidades. É cansativo, mas a belíssima paisagem do caminho vale a pena e é uma atração a parte. Ficamos hospedadas em um hostel (R$ 500, seis diárias para duas pessoas) perto de V&A Waterfront, um antigo porto que foi modernizado e hoje abriga restaurantes, shoppings, lojas e uma ótima feirinha para comprar souvenires. Dica: Para quem passar por lá, vale a pena conhecer a cafeteria Mugg&Bean. Tudo lá é delicioso: muffin, croissant, omelete, torta de limão, chocolate quente com chocolate branco... Table Mountain Um dos pontos turísticos mais bacanas da Cidade do Cabo é a Table Mountain, uma grande montanha localizada nas cercanias da cidade e que faz parte de um parque nacional. Como é um ponto turístico bastante concorrido, vale a pena comprar o ingresso com antecedência para evitar as enormes filas. No nosso caso, adquirimos os bilhetes ainda no Brasil.

Outra dica importante é ir bem agasalhado para o passeio, mesmo que esteja calor na cidade. Venta bastante no topo e é bem frio. O bondinho que dá acesso ao topo fica fechado para manutenção entre julho e agosto. Se planejar sua visita para esta época, se prepare para caminhar: a outra forma de chegar lá é uma trilha bem puxada de cerca de 4h. O passeio no bondinho é bem bacana, já que ele vai girando durante a subida para que todos vejam a montanha de vários ângulos. Já o topo é bem grande e oferece uma incrível vista para a Cidade do Cabo.

Robber Island Outro ponto turístico bastante procurado é Robber Island, ilha que abriga a prisão onde Nelson Mandala ficou detido por 18 anos no período do apartheid. Importante: Não deixe para visitar a ilha em seu último dia na Cidade do Cabo, já que o passeio é cancelado quando chove. Compramos o ingresso ainda no Brasil (R$ 50) e valeu muito a pena. É possível conhecer a cela de Mandela, o pátio da prisão e a pedreira onde os detentos trabalhavam. Tudo orientado por guias que estiveram presos por lá no período do apartheid.

Cabo da Boa Esperança Localizado no extremo sul do continente, o Cabo da Boa Esperança é local de visita obrigatória a quem viaja para a África do Sul. Ponto de ligação entre os Oceanos Atlântico e Índico, durante séculos foi importante para as rotas de navegação à Índia. É um passeio de um dia inteiro e que foi acertado com uma empresa indicada por nosso hotel (R$ 150 por pessoa). Passa por uma praia onde vive ma colônia de pinguins, pela costa de Western Cape e chega à reserva de Cape Point.

A maior parte do trajeto é feito de carro, mas aproveitamos para completar os últimos 7 km de bicicleta até o Cabo da Boa Esperança. Após batermos as fotos na placa onde os oceanos se encontram, subimos o morro e andamos até o farol de Cape Point – cerca de 1,3 km de caminhada sob forte vento, recompensada pela vista de um dos lugares mais bonitos que já vi.

Também vale a pena visitar O Jardim Botânico da Cidade do Cabo (R$ 10 o ingresso) é bem bonito e vale o passeio. Outra atração é a vinícola GrootConstantia, a mais antiga da África do Sul. Há um tour que apresenta os processos de fabricação e conta com uma degustação de cinco vinhos ao final do passeio (R$ 40 por pessoa). Também recomendo conhecer o concorrido restaurante Mama Africa e experimentar carne de crocodilo. Para garantir uma mesa, porém, é necessário fazer reserva com antecedência.

Leia também:

Safári em Kruger Park, na África do Sul

África do Sul: Pretória, Lion Park e Museu do Apartheid

Siga o Viajei e Gostei: Facebook: fb.com/blogviajeiegostei Instagram: @blogviajeiegostei Twitter: @viajeiegostei

POSTS RECENTES:
PROCURE POR TAGS:

© Copyright 2014 VIAJEI E GOSTEI - Todos os direitos reservados

  • Facebook Limpa
  • Twitter limpa
  • Instagram Limpa
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now