Cruzeiro pelo Sena: o jeito mais charmoso de conhecer Paris


O rio Sena é uma das atrações mais charmosas de Paris. Cenário de 10 entre 10 filmes gravados na capital francesa, ele divide a cidade em duas, passa por quase todos os pontos turísticos e é cruzado por pontes belíssimas. Claro que um lugar assim só poderia render um passeio para lá de especial. Os cruzeiros pelo Sena são bastante procurados pelos turistas e contam com diversas empresas que realizam o passeio. Os preços e itinerários costumam ser bastante similares. Em aproximadamente 1h, passam por Torre Eiffel, museus do Louvre e D’Orsay, Palácio dos Inválidos, catedral de Notre Dame e Instituto Mundo Árabe, entre outros.

Confira as principais opções: Bateaux Parisiens Embarque: próximo da Torre Eiffel ou da catedral de Notre Dame Preço: 15 euros (só cruzeiro), 59 a 89 euros (com almoço) ou de 69 a 205 euros (com jantar) Bateaux-Mouches Embarque: próximo da Pont de l’Alma, Rive Droite Preço: 13,5 euros (só cruzeiro), 60 euros (com almoço) ou de 75 a 155 euros (com jantar) Vedettes Du Pont Neuf Embarque: Pont Neuf, próximo ao museu do Louvre Preço: 14 euros (só cruzeiro) Vedettes de Paris Embarque: próximo da Torre Eiffel Preço: 15 euros (só cruzeiro), 21 euros (com lanche) ou 90 euros (com jantar)

Batobus, o ônibus aquático de Paris

Por praticamente o mesmo preço dos cruzeiros, o Batobus traz uma opção bem interessante para navegar pelo Sena. Se os barcos não são tão grandes e luxuosos quanto os cruzeiros, sua vantagem é funcionar no mesmo esquema dos ônibus hop-on hop-off – com paradas nas principais atrações de Paris. Quer descer e conhecer a Torre Eiffel durante o passeio? Ou dar uma volta perto do Louvre ou da catedral de Notre Dame? Este é o seu barco.

O preço dos passes é de 17 euros (um dia) ou 19 euros (dois dias). Com eles em mãos, você pode descer e voltar aos barcos quantas vezes quiser no período. Eles passam por cada parada a cada 25 minutos. São nove pontos de parada, cinco na Rive Gauche (Torre Eiffel, Museu D’Orsay, St.-Germain-des-Prés, Notre Dame e Jardin dês Plantes) e quatro na Rive Droite (Hôtel de Ville, Louvre, Champs-Élysées e Beaugrenelle).

Qual empresa vale a pena?

O Batobus tem o melhor custo-benefício para quem deseja se deslocar pela cidade sem a necessidade de usar o metrô e oferece a possibilidade de conhecer com mais calma cada ponto turístico. O passe é válido para o dia todo e permite que os turistas desçam/subam a cada parada. As outras companhias, porém, oferecem barcos maiores e que proporcionam uma vista panorâmica mais bacana nos dias com tempo bom. Outro diferencial é a possibilidade de fazer uma refeição enquanto passeia pelos pontos turísticos.

E você, já foi a Paris? Passeou de barco pelo rio Sena? Comente abaixo e conte sua experiência para nós!

Leia também:

Roteiro: conhecendo Paris em 6 dias

Paris do alto: as 5 melhores vistas da cidade

Como subir na Torre Eiffel sem pegar as filas gigantescas

Museum Pass: evite filas e economize em atrações de Paris

Torre Eiffel: conhecendo o principal símbolo de Paris

Siga o Viajei e Gostei: Facebook: fb.com/blog​viajeiegostei Instagram: @blogviajeiegostei Twitter: @viajeiegostei

POSTS RECENTES:
PROCURE POR TAGS:

© Copyright 2014 VIAJEI E GOSTEI - Todos os direitos reservados

  • Facebook Limpa
  • Twitter limpa
  • Instagram Limpa
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now